MEIO AMBIENTE e a SUSTENTABILIDAE e a IDEOLOGIA de IGNACY SACHS.

Postado por Meio Ambiente e Cidadania 7 de jun de 2011

 

clip_image002

O desenvolvimento sustentável é aqui apresentado em quatro dimensões: social, ambiental, empresarial e política - seguindo as diretrizes de Ignacy Sachs:

Na dimensão social deve ser considerado: trabalho com qualidade de vida decente; distribuição de renda justa; igualdade no acesso aos recursos e serviços sociais, de modo especial eliminar o desnível na educação. Para o Governo da Grã-bretanha:

“Desenvolvimento sustentável é uma idéia muito simples. Trata-se de assegurar uma melhor qualidade de vida para todos, agora e para gerações futuras.”

clip_image004

Na dimensão ambiental limitar o uso dos recursos não-renováveis; respeitar e realçar a capacidade de autodepuração dos ecossistemas naturais; compreender que os sistemas naturais do planeta dispõem de capacidade limitada para absorver os efeitos da produção e do consumo; melhoria do ambiente urbano, superação das disparidade inter-regionais. Para Ernst Von Weizsacker, Presidente do Wuppertal Institute de Alemanha:

“O desenvolvimento sustentável significa maior bem-estar, especialmente para os mais pobres, e menor consumo dos tesouros naturais – é completamente insustentável continuar como o fazemos hoje.”

clip_image005

Fonte figura: http://www.terrastock.com.br/images/full/A1247.jpg

Na dimensão empresarial capacidade de modernização contínua dos instrumentos de produção; razoável nível de autonomia na pesquisa cientifica e tecnológica; as empresas conceber na gestão de seus processos usos de competências técnicas e de tecnologias de produção mais limpas pontuando sempre nas reduções de consumos – de matérias-primas, de água, de energia, de gás, das emissões atmosféricas, da geração de efluentes líquidos, da geração de resíduos sólidos, da geração da geração de resíduos perigosos. Como diz Mikhall Gorbachev, Presidente da Cruz Verde Internacional e ex-presidente da União Soviética:

“As escolhas econômicas e os modos de vida adotados nos últimos anos serviram apenas para nos levar a um ponto final: uma crise ecológica global. Precisamos, portanto, de um novo sistema de valores um sistema de unidade orgânica entre a humanidade e a natureza, e uma ética de responsabilidade global.”

Na dimensão política o Estado deve desenvolver e implantar projetos, em parceria com todas as partes interessadas – governo, empresas, comunidade acadêmica, investidores, consumidores e demais segmentos da sociedade; promover um nível razoável de coesão social. Segundo o político paranaense Jaime Lerner,

“Não podemos cair na armadilha de acreditar, como alguns fazem, que a chamada mão invisível do mercado resolverá todos os nossos problemas.”

Autor: JRSH

0 comentários

Postar um comentário

Receba Noticias

Digite seu E-mail e receba nossas atualizações:

Arquivo