clip_image001

cassiafiletti.wordpress.com

O assediador não dirige o olhar nem a palavra à vítima, nem sequer para um bom dia; comunica-se com ela por bilhetes, impedindo-a de se expressar. A vítima é interrompida frequentemente pelo superior hierárquico ou pelos colegas, muitas vezes com gritos e recriminações; não a encaram; ignoram a sua presença, dirigindo-se, exclusivamente, a outros. É comum também aproveitarem uma saída rápida da vítima para deixarem uma tarefa em sua mesa, sem solicitar-lhe pessoalmente a execução do trabalho.

Segundo SEBASTIÃO VIEIRA CAIXETA esse quadro é totalmente contrário ao direito. O ordenamento jurídico brasileiro funda-se na dignidade da pessoa humana e nos valores sociais do trabalho, que são fundamentos da República Federativa do Brasil.

Autor: JRSH

Fontes: http://www.oitbrasil.org.br/news/clipping/ler_clipping.php?id=714; e os

Apontamentos do autor.

0 comentários

Postar um comentário

Receba Noticias

Digite seu E-mail e receba nossas atualizações:

Arquivo