Todos os sonhos do mundo.

Postado por Meio Ambiente e Cidadania 22 de out de 2011

Àquele da janela do quarto, do quarto de um dos milhões do mundo que ninguém sabe quem é (e se soubessem quem é, o que saberiam?); àqueles vencidos, que sabem a verdade; aos lúcidos, como se estivessem para morrer. Por fim, àqueles que não são nada, que jamais serão nada, mas têm todos os sonhos do mundo. A estes dedico este trabalho, entre lágrimas e risos.

(Leny Perreira da Silva)

Por: JRSH

Fonte: DIREITO A SAÚDE E O PRINCIPÍO DA RESERVA DO POSSIVEL. Monografia de Leny Perreira da Silva

0 comentários

Postar um comentário

Receba Noticias

Digite seu E-mail e receba nossas atualizações:

Arquivo