Não cumprimento de procedimentos e de planejamento (disciplina operacional); • Não utilização ou utilização inadequada de ferramentas de controle de riscos como a PT (baixa qualidade no conteúdo, ausência de recomendações) e Análise de Riscos (ausência de análise de riscos, desconhecimento dos riscos envolvidos, baixo conhecimento dos sistemas em intervenção, falta de experiência dos envolvidos, execução “pró-forma”...); • Não cumprimento da orientação e recomendações; • Convivência com desvios (ao invés de comunicar, registrar e eliminar) (eventos com repetibilidade, até a catastrofe....) • NÃO ASSUMA RISCOS, NA DÚVIDA, PARE, REAVALIE!

Postado por: JRSH Fonte: Apontamentos de MARCELO JORGE AMAD

0 comentários

Postar um comentário

Receba Noticias

Digite seu E-mail e receba nossas atualizações:

Arquivo