COMPOSTAGEM, HÚMUS.

Postado por Meio Ambiente e Cidadania 9 de jun de 2013

image

COMPOSTAGEM.

Método de tratamento dos resíduos sólidos (lixo), pela fermentação da matéria orgânica contida nos mesmos, conseguindo se a sua estabilização sob a forma de um adubo.

Reaproveitamento da fração orgânica do lixo transformando-o em adubo orgânico. Técnica que consiste em deixar fermentar uma mistura de restos orgânicos vegetais e animais, a fim de se obter um produto homogêneo (o composto) de estrututra grumosa, muito rica em humos e microorganismos, que é incorporada ao solo a fim de melhorar a estrutura deste, as suas cacterísticas e a riqueza em elementos fertilizantes.

HÚMUS.

Material orgânico inerte, finamente dividido, resultante da decomposição microbiana de plantas e substâncias animais, composto aproximadamente de sessenta por cento de carbono,seis por cento de nitrogênio, e menores quantidades de fósforo e enxofre. A decomposição da matéria orgânica viva do solo torna essas substâncias próprias para serem utilizadas pelas plantas. É a matéria orgânica do solo, contem a maior parte do nitrogênio que se

encontra em solos naturais. A presença de humus torna o solo um meio favorável para as complicadas

reações químicas e processos de transporte de minerais necessários ao desenvolvimento das plantas superiores (Ehrlich & Ehrlich, 1974). Restos orgânicos, principalmente vegetais (folhas) num estado avançado de decomposição, parcialmente misturado com o solo (turfas; matéria orgânica; fonte importante de nutrientes minerais; terra vegetal) (Goodland, 1975). É o constituinte orgânico característico do solo; é um complexo de substâncias escuras e gelatinosas (Negret, 1982).

Por : JRSH

Fonte: GLOSSÁRIO TÉCNICO DO MEIO AMBIENTE

0 comentários

Postar um comentário

Receba Noticias

Digite seu E-mail e receba nossas atualizações: